Os impostos são novos, mas a cara de pau é a mesma!

E mais uma vez a solução é o aumento da carga tributária, pouco se fala em reduzir gastos com ministérios, redução de cargos comissionados que em 2014 consumiram das contas públicas cerca de R$1,9 bilhão, e nem pensam em cortar privilégios e outras coisas absurdas que nós até murmuramos contra, mas no fim das contas aceitamos goela abaixo!

Com o argumento de que é para melhorar o SUS, tentaram disfarçar com o nome de CIS (Contribuição Interfederativa da Saúde) o retorno da sacana e velha CPMF. Sim, aquela mesma que a princípio era provisória e foi ficando por uns 10 anos, é uma vergonha num país onde pagamos tantos impostos, precisarmos da criação de novos impostos para suprir necessidades, sem contar que o total arrecadado nunca chega ao destino proposto, ou seja, novos impostos e a mesma cara de pau, a mesma pouca vergonha!

Eles deveriam ser mais diretos, criem logo um nome que tem mais a ver com a ocasião, aí neste caso poderia muito bem chamar-se ISIA (Imposto Sobre Incompetência Administrativa), ou escancara de vez e homenagem ao povo nomeia de IP (Imposto do Palhaço).

Ao invés de voltar a CPMF, eles deveriam criar o ISR (Imposto Sobre Roubo), garanto que com essa arrecadação resolveríamos qualquer problema inerente à saúde, quer roubar, vamos contribuir também né pessoal… Cada tipo de escândalo poderia ser destinada a uma área, educação, saúde, transporte e afins!

Roubou dinheiro e transferiu para suíça? Borá pagar um imposto destinado à cultura! Foi pego no aeroporto com dinheiro na cueca? Tem que pagar uma taxa destinada a infraestrutura! E por aí vai!

Já imaginou se eles recolhessem 27,5% sobre propinas recebidas ou verbas desviadas, deveriam criar o ISLOS (impostos sobre lucros de obras superfaturadas), o ISVC (Imposto sobre verba na cueca), sem dúvida o impostômetro bateria recorde de arrecadação, porque de corrupção eles entendem!

Resumindo…

Brincadeiras a parte, a grande verdade é que é um absurdo pagarmos tantos impostos, por tão pouco retorno, é deprimente ter que ouvir tais medidas para as situações, quando na verdade, o que falta é comprometimento e um pouquinho mais de vontade politica para que as coisas aconteçam!

2 comentários em “Os impostos são novos, mas a cara de pau é a mesma!

  1. pau no c* nosso. quem manda sermos vaquinhas de presépio…dizendo amém, amém para todos que governam esse país…TEMOS MAIS QUE NOS FODER …pois somos inertes somos um povo sem vontade ….vontade de reagir contra as desmazelas de um governo cujo partido não tem nome pois todos que ali estão …estão se lixando para o BRASIL E PARA O POVO….A CULPA É NOSSA ….

  2. Não temos para onde correr , não temos a quem reclamar somos reféns da impunidade , somos um povo fraco e frouxo achamos que no dia seguinte todo vai mudar , mas esse dia nunca acaba !!!!!!

Deixe uma resposta