É necessário perder para mudar?

A vida é assim, mas não precisa ser assim…

Você se envolve, assume uma relação, namora, casa e jura amor eterno para aquela pessoa. Claro, você jura amor eterno porque está certo e seguro de que está satisfeito com aquilo que você tem no momento, mas em pouco tempo aquela pessoa maravilhosa vai

de princesa encantada a Fiona, ou ele caprichosamente se transforma na versão mais relaxada possível do Shrek… E de repente você vê que a pessoa da sua vida virou um ogro, triste isso não?

Mas já reparou que quando você dispensa alguém porque ela deixa a desejar em algo, um milagre acontece?

De uma hora para outra todos os deuses se viram contra você, parece que a pessoa ganha uma fada madrinha e da noite para o dia passa de gata borralheira a princesa do sapatinho de cristal, ou na versão feminina o cara que não topava nada do que ela pedia, passa a fazer coisas que não fazia de forma alguma quando estava você, e neste momento você tem a sensação de que perdeu o George Clooney da sua vida!

Por que as pessoas não mudam antes, é necessário perder para mudar?

Não, nem todos precisam desse choque de realidade, porém a verdade é que nós temos o hábito de nos acomodar naquilo em que estamos seguros, assim viramos Shreks e Fionas para as situações da vida, isso serve para tudo. E sem entender ou perceber perdemos coisas, pessoas, empregos, tudo isso porque nos acomodamos. Não melhoramos, não nos atualizamos, e por muitas vezes nem mantemos o mesmo ritmo do início, caímos de produção e sem perceber perdemos aquilo o que era importante para nós…

Na vida a reciclagem precisa ser constante, por isso atente-se, mude sempre que possível, e antes se possível, melhore-se, atualize-se, não se acomode, a cada dia valorize-se e mais importante, valorize aquilo que você conquistou… E lembre-se, não é preciso perder para mudar!

Deixe uma resposta