Olimpíadas do Rio 2016 tem que ter o Busionismo!

Falta um ano para as olimpíadas do Rio 2016 e a expectativa de medalhas é abaixo de 30!

Também, como deixaram as olimpíadas chegarem até aqui sem nenhum esporte típico do país! Afinal de contas não somos mais o país do futebol, deveríamos ter brigado pela

inclusão de um esporte que realmente define o brasileiro, assim teríamos muito mais chances de medalhas!

Aí você pergunta, mas qual esporte além do futebol é a cara do brasileiro, qual esporte que a maioria dos brasileiros praticam com louvor além do futebol?

Nas estatísticas dizem que o povo brasileiro está cada vez mais sedentário, mas isso é porque eles não consideram que pegar ônibus no horário de pico é uma atividade física.

Pegar busão deveria ser esporte olímpico!

Você já viu o que acontece quando o ônibus para no ponto? Você tem que correr para ultrapassar uma multidão, como numa cena de largada de maratona sabe? Somente os primeiros conseguem entrar e os demais que aguardem “a próxima largada”! E você pensa que acabou? Claro que não, pegar ônibus no horário de pico é como jogar Mario, tem varias fases!

Para passar a catraca e descer a tempo no seu ponto, ou você desenvolve a técnica e a habilidade de um contorcionista ou a força e brutalidade de um jogador de futebol americano! Mas não para por aí, outro dia o busão estava tão lotado que voltamos à infância e brincamos de estatua, por azar parei com o rosto de cara com as axilas poderosamente curtidas de um negão 2×4, naquele momento eu vi minha vida inteira passar diante dos meus olhos e pensei comigo… Lascou! Foi então que desenvolvi a técnica de mais um esporte, por mais de 20 minutos naquela posição incomoda me limitei a respirar o mínimo possível, eu deveria ter comunicado o Guinness Book, pois acho que naquela manhã devo ter batido o Recorde mundial de apneia!

E ainda dizem que o povo não pratica muito esporte, pegar busão exige, velocidade, força, explosão e agilidade, sem contar que só teríamos atletas de ponta representando nossa bandeira, além de ícones como Cesar Cielo, Tiago Camilo, Daiane dos Santos e Rodrigo Pessoa, também teríamos o Zezinho porteiro, o João cozinheiro, a Maria diarista, entre outros atletas de ponta nessa modalidade tão tradicional!

E assim como o Atletismo, o Hipismo e o Ciclismo, eu apoio o “Busionismo” para as olimpíadas do Rio 2016!

 

 

Clique aqui e acesse o Vida Crônica no Youtube

 

.

 

 

Deixe uma resposta