Cinderela nos tempos de hoje!

 

Ainda bem que todos os contos de fadas já foram criados…

Já pensou se o cara que escreveu Cinderela fosse um brasileiro, e tivesse a ideia nos dias de hoje, como seria o conto? Acho que talvez um pouco diferente!

Imaginem a cinderela toda largada, limpando o barraco ao som de SPC e Raça negra,

completamente desolada por não poder ir ao baile funk do príncipe Catra na comunidade vizinha!

Quando de repente “Booom”… Uma nuvem de fumaça toma conta do barraco e de trás do nevoeiro surge uma fada, a “Madrinha Ostentação”! Que num passe de mágica saca a sua varinha e transforma a cinderela em uma piriguete de primeira. Para completar, ao invés de abóbora ela pega uma banana e no lugar de uma carruagem, transforma o fruto em um potente Camaro Amarelo!

Com recomendações da sua fada madrinha, a Cinderela chega ao baile ao som de beijinho no ombro, “só pro recalque passar longe”! Ao invés da valsa, o príncipe Catra aumenta o som e anuncia “a putaria”, o baile rola solto na quebrada… Como o feitiço só iria até a meia noite, ás 23h55min cinderela sai desesperada do baile, ao invés do sapatinho de cristal ela esquece a calcinha! E ao contrário do conto original o príncipe não vai atrás de sua amada… Mas, nove meses depois ela é quem vai atrás do príncipe, porém eles não viveram felizes para sempre!

Ele não assumiu o filho, ela entrou na justiça, fizeram o DNA, o filho é dele mesmo, e a justiça determinou que ele pagasse meio salário mínimo de pensão, pois ele está desempregado e não possui renda fixa, ou seja, ainda bem que os contos de fadas foram escritos há anos atrás!

OBS: “Conto fictício, qualquer semelhança é mera coincidência.”

FIM

 

Clique aqui e acesse o Vida Crônica no Youtube  Acesse o Vida Crônica no Youtube

 

.

 

Deixe uma resposta